banner_fornecedores

Indústria de material de construção tem fevereiro regular, apura Abramat
A Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat) acaba de divulgar a nova edição do Termômetro da Indústria de Mate... Leia mais.

Mortes por choques elétricos aumentam 12% no Brasil, apura Abracopel
Choques elétricos são verdadeiros riscos e o que muitas pessoas não sabem é que eles podem levar à morte. De acordo com Anuário Estatístico ... Leia mais.

Covid-19 causa impacto expressivo na confiança do consumidor em março
O Índice de Confiança do Consumidor (ICC) da Fundação Getulio Vargas (FGV) caiu 7,6 pontos em março, para 80,2 pontos, o menor valor desde j... Leia mais.


Usuário:
Senha:


Construção civil criou 11.165 novos postos de trabalhos em agosto, diz Caged


O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), divulgou na semana passada que a construção civil criou 11.165 novos em agosto. Ao todo, segundo dados, foram gerados 127.648 empregos formais no Brasil no mês em questão.
No acumulado do ano, segundo o levantamento, o emprego cresceu 2,72%, representando o acréscimo de 1.076.511 postos de trabalho. Nos últimos 12 meses foram criados 937.518 novas vagas, uma elevação de 2,36%.
Em agosto, o bom desempenho se refletiu em seis dos oito setores da economia, com destaque para o setor de Serviços, que gerou 64.290 mil postos de trabalho, seguido do Comércio, com aumento de 50.070 postos e a Indústria de Transformação, com 11.347 postos. Os únicos setores que apresentaram declínio foram a Agricultura, com perda de 12.092 postos e o setor de Serviços Industriais de Utilidade Pública (SIUP), com queda de 448 postos.
Segundo análise de equipe técnica do MTE, o resultado aponta um maior dinamismo do mercado de trabalho formal.