banner_fornecedores

Após três quedas consecutivas, indústria eletroeletrônica registra crescimento
Maio último mostrou-se um mês positivo para a indústria elétrica e eletrônica. Dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Est... Leia mais.

Monitor do PIB aponta crescimento de 0,7% da atividade econômica em maio
O Monitor do PIB-FGV aponta crescimento de 0,7% da atividade econômica em maio, na comparação com abril, na análise da série dessazonalizada... Leia mais.

Confiança do empresário do comércio volta a crescer após quatro meses, diz CNC
De acordo com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), após ter alcançado o menor patamar da série histórica n... Leia mais.


Usuário:
Senha:


Em recuperação, vendas de materiais de construção crescem 9,2% em janeiro


Nesta terça-feira (25), a Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (ABRAMAT) divulgou o seu termômetro mensal que mostra um crescimento de 9,2% das vendas de materiais de construção em janeiro de 2014 comparado a dezembro de 2013. Em relação a janeiro de 2013, porém, o aumento foi menor, ficando em 1,5%.
“O crescimento de vendas em janeiro em relação a dezembro se deu em função de o mesmo ter ocorrido sobre uma base bastante baixa. Já o fato das vendas de materiais de base terem crescido mais do que os de acabamento está relacionado com vários fatores, como ausência de chuvas, condição que favorece a execução das obras e aos empreendimentos de infraestrutura relacionados à Copa, principalmente aeroportos”, ressaltou Walter Cover, presidente da Abramat.
Cover ainda traçou uma expectativa para o ano de 2014. Para o executivo, a expectativa segue ainda otimista e prevê um aumento de 4,5% em relação a 2013. Contudo, o presidente afirma que tudo vai depender da manutenção dos atuais estímulos do governo ao consumo das famílias (crédito, emprego e renda), de um maior dinamismo na execução de obras do segmento imobiliário e dos empreendimentos de infraestrutura, particularmente portos e aeroportos.
O levantamento ainda apurou que os empregos na indústria tiveram um crescimento de 7,7% em relação a dezembro de 2013. Já em relação a janeiro do ano passado o crescimento foi ainda maior, de 8,2%.