banner_fornecedores

Indústria de material de construção tem fevereiro regular, apura Abramat
A Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat) acaba de divulgar a nova edição do Termômetro da Indústria de Mate... Leia mais.

Mortes por choques elétricos aumentam 12% no Brasil, apura Abracopel
Choques elétricos são verdadeiros riscos e o que muitas pessoas não sabem é que eles podem levar à morte. De acordo com Anuário Estatístico ... Leia mais.

Covid-19 causa impacto expressivo na confiança do consumidor em março
O Índice de Confiança do Consumidor (ICC) da Fundação Getulio Vargas (FGV) caiu 7,6 pontos em março, para 80,2 pontos, o menor valor desde j... Leia mais.


Usuário:
Senha:


Em recuperação, vendas de materiais de construção crescem 9,2% em janeiro


Nesta terça-feira (25), a Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (ABRAMAT) divulgou o seu termômetro mensal que mostra um crescimento de 9,2% das vendas de materiais de construção em janeiro de 2014 comparado a dezembro de 2013. Em relação a janeiro de 2013, porém, o aumento foi menor, ficando em 1,5%.
“O crescimento de vendas em janeiro em relação a dezembro se deu em função de o mesmo ter ocorrido sobre uma base bastante baixa. Já o fato das vendas de materiais de base terem crescido mais do que os de acabamento está relacionado com vários fatores, como ausência de chuvas, condição que favorece a execução das obras e aos empreendimentos de infraestrutura relacionados à Copa, principalmente aeroportos”, ressaltou Walter Cover, presidente da Abramat.
Cover ainda traçou uma expectativa para o ano de 2014. Para o executivo, a expectativa segue ainda otimista e prevê um aumento de 4,5% em relação a 2013. Contudo, o presidente afirma que tudo vai depender da manutenção dos atuais estímulos do governo ao consumo das famílias (crédito, emprego e renda), de um maior dinamismo na execução de obras do segmento imobiliário e dos empreendimentos de infraestrutura, particularmente portos e aeroportos.
O levantamento ainda apurou que os empregos na indústria tiveram um crescimento de 7,7% em relação a dezembro de 2013. Já em relação a janeiro do ano passado o crescimento foi ainda maior, de 8,2%.