banner_fornecedores

Atividade industrial paulista mostra reação em maio, aponta Fiesp e Ciesp
A indústria paulista de transformação mostrou reação positiva em maio, após dois meses de quedas generalizadas em março e abril. O Levantame... Leia mais.

Confiança empresarial recupera 61% das perdas do bimestre março-abril
O Indicador de Incerteza da Economia (IIE-Br) da Fundação Getulio Vargas (FGV) caiu 16,7 pontos em junho, para 173,6 pontos. Com a segunda q... Leia mais.

Estudo da Juntos Somos Mais mostra a expectativa dos varejistas no pós-crise
Pesquisa realizada pela Juntos Somos Mais, ecossistema do varejo da construção civil, que contempla mais de 75 mil varejistas e mais de 20 e... Leia mais.


Usuário:
Senha:


Custo nacional da construção civil acelera 0,18% em março


O Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi), calculado pela Caixa Econômica Federal e pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), variou 0,62% em março, ficando 0,18% acima da taxa de fevereiro (0,44%). O acumulado do ano já chega a um crescimento de 1,52%, enquanto em igual período de 2013 o índice havia ficado em 1,10%.
Segundo o IBGE, o acumulado nos últimos doze meses, por sua vez, situou-se em 0,94%, abaixo dos 0,51% registrados nos doze meses imediatamente anteriores. Estes resultados acumulados levam em conta a desoneração da folha de pagamento.
O custo nacional da construção, por metro quadrado, que em fevereiro fechou em R$ 867,83, em março passou para R$ 873,20, sendo R$ 485,63 relativos aos materiais e R$ 387,57 à mão de obra. Deste valor, no último mês, a parcela dos materiais apresentou variação de 1,09%, subindo 0,38 pontos percentuais em relação ao mês anterior, e a mão de obra registrou variação de 0,03%, caindo 0,08 pontos percentuais na comparação com fevereiro.
Vale lembrar que estes resultados acumulados levam em conta a desoneração da folha de pagamento de empresas do setor da construção civil prevista na lei 12.844, sancionada em 19 de julho de 2013.
Sem considerar a desoneração da folha de pagamento, o acumulado no ano ficou em 1,45% e nos últimos doze meses em 7,84%, de acordo com o levantamento. O custo nacional da construção, por metro quadrado, fechou março em R$ 932,81, sendo R$ 485,89 relativos aos materiais e R$ 446,92 à mão de obra.