banner_fornecedores

Atividade industrial se aproxima do nível pré-pandemia, revela CNI
A atividade industrial continuou em trajetória de recuperação em julho. Com o novo aumento, os índices de faturamento, horas trabalhadas na ... Leia mais.

Pesquisa revela a expectativas de consumo
Com data marcada para 27 de novembro - menos de um mês antes do Natal - a Black Friday 2020 promete movimentar o varejo. No ano passado, a d... Leia mais.

Vendas no varejo crescem 5,2% em julho e têm a terceira alta seguida no ano
O volume de vendas do varejo cresceu 5,2% em julho em relação ao mês anterior, após a alta recorde de 13,3% em maio e de 8,5% em junho. Esse... Leia mais.


Usuário:
Senha:


Seis estádios da Copa do Mundo recebem certificação LEED de sustentabilidade


O Green Building Council (USGBC), que certifica construções sustentáveis, concedeu a seis estádios que participam da Copa do Mundo de 2014 a certificação Leadership in Energy and Environmental Design (LEED) por fazerem uso de recursos sustentáveis durante a construção e manutenção das arenas.
Com as certificações, o Brasil fica entre os cinco países do mundo com maior número de projetos com certificação LEED, abrangendo mais de 3 milhões de m² brutos de espaço certificado.
Receberam certificados as arenas Pernambuco, em São Lourenço da Mata, Fonte Nova, em Salvador, Maracanã, no Rio de Janeiro, Castelão, em Fortaleza, Mineirão, em Belo Horizonte, e Arena da Amazônia, em Manaus. Vale lembrar que, mesmo fora da Copa, recentemente a Arena do Grêmio, em Porto Alegre, também foi contemplada com o selo.
Os estádios tiveram incorporados diversos recursos ecológicos que contribuíram para o recebimento da certificação, tais como redução no consumo de água, reutilização de água da chuva, redução no consumo de energia, uso de materiais reciclados, compra de materiais e equipamentos de fornecedores locais e diminuição de resíduos de construção.