banner_fornecedores

Após três quedas consecutivas, indústria eletroeletrônica registra crescimento
Maio último mostrou-se um mês positivo para a indústria elétrica e eletrônica. Dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Est... Leia mais.

Monitor do PIB aponta crescimento de 0,7% da atividade econômica em maio
O Monitor do PIB-FGV aponta crescimento de 0,7% da atividade econômica em maio, na comparação com abril, na análise da série dessazonalizada... Leia mais.

Confiança do empresário do comércio volta a crescer após quatro meses, diz CNC
De acordo com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), após ter alcançado o menor patamar da série histórica n... Leia mais.


Usuário:
Senha:


Em maio, vendas de materiais de construção crescem na comparação com abril, diz Abramat


As vendas de materiais de construção apresentaram crescimento de 5% no mês de maio em relação a abril, de acordo com estudos da Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat). Em relação a maio do ano passado, no entanto, houve queda de 5,8%. Já no acumulado do ano, o recuo foi de 2,8%. Na comparação com os últimos 12 meses, no entanto, o índice registrou crescimento de 0,4%.
Apesar das quedas, a associação prevê recuperação nos segmentos de varejo e imobiliário a partir de julho, e mantém a previsão de crescimento de 3% no ano. Uma nova avaliação da expectativa será feita em agosto.
Os números do estudo ainda apontam que os empregos na indústria tiveram um crescimento de 3,8% em relação a maio de 2013. Já em relação ao mês anterior houve queda de 1,9%.
Nesta quarta-feira (18), o presidente da Abramat, Walter Cover, irá participar de uma reunião com a presidente Dilma Rousseff e ministros para anunciar medidas de incentivo para a indústria em resposta aos pleitos colocados recentemente. "Esperamos um mercado mais forte no segundo semestre em função de uma melhor percepção de índices macroeconômicos como inflação e níveis de emprego, bem como de um melhor conhecimento dos programas econômicos dos candidatos às próximas eleições", afirma Cover.