banner_fornecedores

Atividade industrial se aproxima do nível pré-pandemia, revela CNI
A atividade industrial continuou em trajetória de recuperação em julho. Com o novo aumento, os índices de faturamento, horas trabalhadas na ... Leia mais.

Pesquisa revela a expectativas de consumo
Com data marcada para 27 de novembro - menos de um mês antes do Natal - a Black Friday 2020 promete movimentar o varejo. No ano passado, a d... Leia mais.

Vendas no varejo crescem 5,2% em julho e têm a terceira alta seguida no ano
O volume de vendas do varejo cresceu 5,2% em julho em relação ao mês anterior, após a alta recorde de 13,3% em maio e de 8,5% em junho. Esse... Leia mais.


Usuário:
Senha:


Construção em São Paulo fica 2,77% mais cara em junho, diz SindusCon-SP


O Custo Unitário Básico (CUB) da construção civil do Estado de São Paulo registrou alta de 2,77% em junho em relação ao mês anterior, segundo dados divulgados nesta terça-feira (1º) pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (SindusCon-SP) e pela Fundação Getulio Vargas (FGV). O valor é relativo às obras não incluídas na desoneração da folha de pagamento.
As despesas com mão de obra subiram 4,14% no mês, enquanto os custos com materiais de construção registraram elevação de 0,58% na comparação com maio. Assim, o valor da construção por metro quadrado ficou em R$ 1.155,23 em junho. Em maio, o valor do metro quadrado era de R$ 1.124,14.
Em 2014, o CUB paulista acumula alta de 5,06%, enquanto nos últimos 12 meses o crescimento é de 6,03%.
CUB desonerado
Em relação às obras incluídas na desoneração da folha de pagamento, em junho os custos com mão de obra apresentaram acréscimo de 4,13%, enquanto as despesas com materiais de construção aumentaram 0,58%. O CUB desonerado, portanto, registrou variação de 2,66% e ficou em R$ 1.074,55 por metro quadrado. No acumulado do ano, o índice aumentou 4,93%.