banner_fornecedores

Indústria de material de construção tem fevereiro regular, apura Abramat
A Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat) acaba de divulgar a nova edição do Termômetro da Indústria de Mate... Leia mais.

Mortes por choques elétricos aumentam 12% no Brasil, apura Abracopel
Choques elétricos são verdadeiros riscos e o que muitas pessoas não sabem é que eles podem levar à morte. De acordo com Anuário Estatístico ... Leia mais.

Covid-19 causa impacto expressivo na confiança do consumidor em março
O Índice de Confiança do Consumidor (ICC) da Fundação Getulio Vargas (FGV) caiu 7,6 pontos em março, para 80,2 pontos, o menor valor desde j... Leia mais.


Usuário:
Senha:


Confiança da construção volta a crescer em novembro, diz FGV


Após alcançar o menor nível da série histórica em outubro, com variação de -19,9%, o Índice de Confiança da Construção (ICST) avançou 1% em novembro, segundo dados da Sondagem da Construção divulgados nesta terça-feira (25) pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).
De acordo com o balanço, a melhora da confiança em novembro ocorreu por causa da percepção da indústria em relação ao atual estado dos negócios. O Índice da Situação Atual (ISA-CST), que havia recuado 6,5% em outubro, subiu 2,3% em novembro.
Já o Índice de Expectativas (IE-CST), que mede as perspectivas da indústria para os próximos três meses, caiu 3,2% em relação ao mês de outubro. A parcela do indicador que avalia a percepção da indústria para o período de seis meses, no entanto, aumentou 3%.
Segundo a Coordenadora de Projetos da Construção da FGV, Ana Maria Castelo, "a melhora da confiança em novembro não permite ainda vislumbrar mudanças significativas no cenário do setor. O indicador de expectativas com a demanda para os próximos três meses atingiu o patamar mais baixo da série".
A Sondagem da Construção foi feita com informações de 687 empresas entre os dias 3 e 21 de novembro.