banner_fornecedores

Atividade industrial paulista mostra reação em maio, aponta Fiesp e Ciesp
A indústria paulista de transformação mostrou reação positiva em maio, após dois meses de quedas generalizadas em março e abril. O Levantame... Leia mais.

Confiança empresarial recupera 61% das perdas do bimestre março-abril
O Indicador de Incerteza da Economia (IIE-Br) da Fundação Getulio Vargas (FGV) caiu 16,7 pontos em junho, para 173,6 pontos. Com a segunda q... Leia mais.

Estudo da Juntos Somos Mais mostra a expectativa dos varejistas no pós-crise
Pesquisa realizada pela Juntos Somos Mais, ecossistema do varejo da construção civil, que contempla mais de 75 mil varejistas e mais de 20 e... Leia mais.


Usuário:
Senha:


CUB paulista sobe 6,37% em 2014, diz SindusCon-SP


O Custo Unitário Básico (CUB) da construção civil do estado de São Paulo, calculado sobre obras não incluídas na desoneração da folha de pagamento, registrou estabilidade em dezembro, com variação de 0,02% na comparação com o mês anterior. Os dados são da pesquisa divulgada nesta segunda-feira (5) pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (SindusCon-SP) e pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).
Entre janeiro e dezembro de 2014, o CUB paulista acumulou alta de 6,37%, sendo que os custos aumentaram 8,39% com mão de obra, 3,03% com os materiais de construção 3,03% e 11,50% com os salários dos engenheiros. Com os resultados, o valor da construção por metro quadrado fechou dezembro em R$ 1.169,59.
O CUB relativo às obras incluídas na desoneração da folha de pagamentos também ficou estável em dezembro, com leva avanço de 0,03%. O valor do metro quadrado fechou o ano em R$ 1.088,04 e, no acumulado de 2014, o custo elevou-se em 6,25%.