banner_fornecedores

Indústria de material de construção tem fevereiro regular, apura Abramat
A Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat) acaba de divulgar a nova edição do Termômetro da Indústria de Mate... Leia mais.

Mortes por choques elétricos aumentam 12% no Brasil, apura Abracopel
Choques elétricos são verdadeiros riscos e o que muitas pessoas não sabem é que eles podem levar à morte. De acordo com Anuário Estatístico ... Leia mais.

Covid-19 causa impacto expressivo na confiança do consumidor em março
O Índice de Confiança do Consumidor (ICC) da Fundação Getulio Vargas (FGV) caiu 7,6 pontos em março, para 80,2 pontos, o menor valor desde j... Leia mais.


Usuário:
Senha:


Empréstimos para imóveis têm segundo melhor mês de fevereiro desde 95


O volume de empréstimos para aquisição e construção de imóveis no país totalizou R$ 6,45 bilhões em fevereiro, número 26,9% menor do que o registrado no mesmo mês do ano passado. Comparado a janeiro, o recuo foi 29,4%. Mesmo com a queda, o montante foi o segundo maior entre os meses de fevereiro na série histórica iniciada em 1995. Os dados, divulgados na sexta-feira (27), são da Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança.

Segundo a entidade, a queda em fevereiro pode ser explicada por três fatores. “O menor número de dias úteis no segundo mês do ano, devido ao Carnaval, a desaceleração da atividade imobiliária decorrente do menor dinamismo da economia doméstica e a tendência de evolução lenta do crédito registrada pelo Banco Central”, destacou, em nota, a associação.

Nos últimos 12 meses, até fevereiro, o volume de empréstimos imobiliários foi R$ 111,5 bilhões, resultado 1,9% inferior ao apurado nos 12 meses anteriores.

O número de imóveis financiados também caiu. Foram 28,9 mil fevereiro, recuo de 37,7% em relação a fevereiro do ano passado. O resultado, no entanto, foi o quinto melhor entre os meses de fevereiro na série histórica. Nos últimos 12 meses – entre março do ano passado e fevereiro deste ano – foram financiados 524,6 mil imóveis, resultado 4,8% menor ao registrado nos 12 meses anteriores.

Da Redação, original EBC.