banner_fornecedores

Atividade industrial paulista mostra reação em maio, aponta Fiesp e Ciesp
A indústria paulista de transformação mostrou reação positiva em maio, após dois meses de quedas generalizadas em março e abril. O Levantame... Leia mais.

Confiança empresarial recupera 61% das perdas do bimestre março-abril
O Indicador de Incerteza da Economia (IIE-Br) da Fundação Getulio Vargas (FGV) caiu 16,7 pontos em junho, para 173,6 pontos. Com a segunda q... Leia mais.

Estudo da Juntos Somos Mais mostra a expectativa dos varejistas no pós-crise
Pesquisa realizada pela Juntos Somos Mais, ecossistema do varejo da construção civil, que contempla mais de 75 mil varejistas e mais de 20 e... Leia mais.


Usuário:
Senha:


Caixa reduz limite do valor para financiamento de imóveis usados


Depois de aumentar pela segunda vez no ano as taxas de juros para financiamento de imóveis, a Caixa Econômica Federal anunciou para o dia 4 de maio a redução do limite de financiamento para imóveis usados. O objetivo da mudança, que valerá apenas para unidades usadas financiadas com recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE), é focar a oferta de crédito habitacional do banco em moradias novas. 

Os financiamentos de imóveis usados, portanto, terão redução do limite total de crédito de 80% para 50% do valor do imóvel no Sistema Financeiro de Habitação (SFH), e de 70% para 40% para imóveis no Sistema Financeiro Imobiliário (SFI), pelo Sistema de Amortização Constante (SAC).

Com as reduções, os imóveis do SFH terão que ser comprados com uma entrada de no mínimo 50%. Antes, a entrada mínima era de 20%. No caso do SFI, o valor mínimo da entrada passará a ser de 60% do valor total do imóvel. 

As novas regras não serão aplicadas aos imóveis de interesse popular, como os financiados pelo Programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV) e com recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).