banner_fornecedores

Após três quedas consecutivas, indústria eletroeletrônica registra crescimento
Maio último mostrou-se um mês positivo para a indústria elétrica e eletrônica. Dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Est... Leia mais.

Monitor do PIB aponta crescimento de 0,7% da atividade econômica em maio
O Monitor do PIB-FGV aponta crescimento de 0,7% da atividade econômica em maio, na comparação com abril, na análise da série dessazonalizada... Leia mais.

Confiança do empresário do comércio volta a crescer após quatro meses, diz CNC
De acordo com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), após ter alcançado o menor patamar da série histórica n... Leia mais.


Usuário:
Senha:


Registro de imóveis começou a ser feito online em MG


Começou a funcionar nesta segunda-feira (21) a Central Eletrônica de Registro de Imóveis (CRI-MG) em Minas Gerais. O estado é o primeiro a receber este serviço, que tem a promessa de trazer mais agilidade para o processo de consulta e registro de imóveis. A ferramenta já está em funcionamento em Belo Horizonte e será adotada, de maneira gradual, nas demais comarcas.

De acordo com o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), esse novo mecanismo possibilita a visualização de matrícula na íntegra, o monitoramento de atos de registro, cadastro de regulação de terras no estado, aquisição de imóveis por estrangeiros, pesquisa de informações estatísticas e correção online. As informações ficarão salvas e podem ser acessadas por qualquer pessoa através do sistema.

Atualmente, para realizar o registro de imóveis, os interessados precisam ir a um cartório e dar entrada no processo que exige - dependendo da forma como este foi adquirido - o contrato de financiamento ou escritura pública e o processo demora aproximadamente 30 dias.