banner_fornecedores

Indústria de material de construção tem fevereiro regular, apura Abramat
A Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat) acaba de divulgar a nova edição do Termômetro da Indústria de Mate... Leia mais.

Mortes por choques elétricos aumentam 12% no Brasil, apura Abracopel
Choques elétricos são verdadeiros riscos e o que muitas pessoas não sabem é que eles podem levar à morte. De acordo com Anuário Estatístico ... Leia mais.

Covid-19 causa impacto expressivo na confiança do consumidor em março
O Índice de Confiança do Consumidor (ICC) da Fundação Getulio Vargas (FGV) caiu 7,6 pontos em março, para 80,2 pontos, o menor valor desde j... Leia mais.


Usuário:
Senha:


Caixa passa a ser a responsável pela seleção e contratação de habitações do Minha Casa Minha Vida Entidades


O ministro das Cidades, Bruno Araújo, assinou na última quinta-feira (16) a Portaria 258, que trata dos recursos do Fundo de Desenvolvimento Social (FDS) do programa Minha Casa, Minha Vida, na modalidade Entidades. A medida é uma reedição da portaria nº 173 de maio, na época da então presidente Dilma Rousseff, e foi publicada no Diário Oficial da União de hoje (17).
O texto traz novos critérios técnicos para a seleção a contratação de propostas e financiamento do MCMV Entidades, que passa a ser de responsabilidade da Caixa Econômica Federal. Antigamente, essa atribuição era da Secretaria Nacional de Habitação. A relação das entidades que constavam na portaria 173, porém, foi mantida.
O banco passa a ter o limite de contratação de 6.250 unidades habitacionais distribuídas por regiões do país, mas o Ministério das Cidades afirmou que apresentará proposta ao Conselho Curador do FDS para aumentar esse valor em até cinco mil unidades habitacionais, o que é previsto na Lei Orçamentária Anual.