banner_fornecedores

Atividade industrial paulista mostra reação em maio, aponta Fiesp e Ciesp
A indústria paulista de transformação mostrou reação positiva em maio, após dois meses de quedas generalizadas em março e abril. O Levantame... Leia mais.

Confiança empresarial recupera 61% das perdas do bimestre março-abril
O Indicador de Incerteza da Economia (IIE-Br) da Fundação Getulio Vargas (FGV) caiu 16,7 pontos em junho, para 173,6 pontos. Com a segunda q... Leia mais.

Estudo da Juntos Somos Mais mostra a expectativa dos varejistas no pós-crise
Pesquisa realizada pela Juntos Somos Mais, ecossistema do varejo da construção civil, que contempla mais de 75 mil varejistas e mais de 20 e... Leia mais.


Usuário:
Senha:


Volume de vendas e locações de imóveis usados cresce no estado de São Paulo, aponta Creci-SP


As vendas e locações de imóveis residenciais apresentaram alta no mês de outubro no estado de São Paulo, segundo o Conselho Regional de Corretores de Imóveis de São Paulo (Creci-SP). O crescimento das comercializações foi de 3,63% e o dos aluguéis de 5,35%. Com isso, no ano, a primeira acumula um saldo positivo de 26,33% e a segunda, de 28,64%.
"É um crescimento que tem uma característica diferente, que é a de não ter inflacionado os preços, em queda por causa da crise econômica", analisa o presidente da entidade, José Augusto Viana Neto. "Os compradores viram a renda encolher nos últimos dois anos e os vendedores se viram forçados a limitar aumentos e reduzir preços para poder vender", explica.
Em outubro, o Índice Creci-SP, que mede o comportamento mensal dos aluguéis novos e dos preços de imóveis, caiu 8,32% em relação a setembro. O recuo acumulado no ano é de 6,24% e em 12 meses, de 3,85%.
"Quem optar por comprar imóvel usado agora vai encontrar ofertas interessantes e a oportunidade de negociar preços em condições muito favoráveis", sugere Viana Neto.