banner_fornecedores

Atividade industrial paulista mostra reação em maio, aponta Fiesp e Ciesp
A indústria paulista de transformação mostrou reação positiva em maio, após dois meses de quedas generalizadas em março e abril. O Levantame... Leia mais.

Confiança empresarial recupera 61% das perdas do bimestre março-abril
O Indicador de Incerteza da Economia (IIE-Br) da Fundação Getulio Vargas (FGV) caiu 16,7 pontos em junho, para 173,6 pontos. Com a segunda q... Leia mais.

Estudo da Juntos Somos Mais mostra a expectativa dos varejistas no pós-crise
Pesquisa realizada pela Juntos Somos Mais, ecossistema do varejo da construção civil, que contempla mais de 75 mil varejistas e mais de 20 e... Leia mais.


Usuário:
Senha:


Confiança da Construção Civil tem maior nível em 21 meses


O Índice de Confiança da Construção Civil avançou 0,7 ponto em março e chegou a 75,1 pontos. É o maior nível desde junho de 2015, quando o indicador acumulava 76,2 pontos. Os resultados foram divulgados nesta 3ª feira (28.mar.2017) pela FGV (Fundação Getúlio Vargas).

FGV, o resultado indica que a percepção dos empresários do setor é de melhora em médio prazo. Um dos reflexos, é que a “disposição de demitir” nos próximos meses tem caído.

ÍNDICE DE CUSTOS

O Índice Nacional de Custo da Construção apresentou taxa em março (0,36%) inferior a do mês anterior (0,53%). O indicador acumula alta de 1,19% em 2017. E, de 5,87% nos últimos 12 meses.

Eis a íntegra da pesquisa.

O grupo “materiais, equipamentos e serviços” avançou 0,26% em março. Bem abaixo do registrado em fevereiro, quando a alta foi de 0,62%. O custo de mão de obra teve crescimento igual ao mês anterior. Em março, o avanço foi de 0,45%.