banner_fornecedores

Atividade industrial paulista mostra reação em maio, aponta Fiesp e Ciesp
A indústria paulista de transformação mostrou reação positiva em maio, após dois meses de quedas generalizadas em março e abril. O Levantame... Leia mais.

Confiança empresarial recupera 61% das perdas do bimestre março-abril
O Indicador de Incerteza da Economia (IIE-Br) da Fundação Getulio Vargas (FGV) caiu 16,7 pontos em junho, para 173,6 pontos. Com a segunda q... Leia mais.

Estudo da Juntos Somos Mais mostra a expectativa dos varejistas no pós-crise
Pesquisa realizada pela Juntos Somos Mais, ecossistema do varejo da construção civil, que contempla mais de 75 mil varejistas e mais de 20 e... Leia mais.


Usuário:
Senha:


Imóveis de dois dormitórios econômicos predominam entre lançamentos e vendas


Os dados foram divulgados na última segunda-feira (5) pelo Sindicato da Habitação do Estado de São Paulo (Secovi-SP).
No total, foram 10.023 unidades colocadas no mercado, sendo que o segmento de dois dormitórios econômicos representa 67% do total (6.734 novos imóveis). Este número representa um crescimento de 22% se comparado aos lançamentos do período anterior (55% de participação e 5.526 unidades).
Nesses 36 meses foram comercializados 7.569 imóveis, sendo 5.207 unidades da tipologia de dois dormitórios econômicos, representando 69% do total. O segmento teve crescimento de 11% em relação ao ano anterior que teve 56% de participação e 4.689 unidades.
O preço médio dos imóveis para venda dentro do período analisado foi de R$ 289.915 para a tipologia de um dormitório, R$ 134.898,00 para um dormitório econômico, R$ 324.997,00 para dois dormitórios, R$ 134.375,00 para dois dormitórios econômicos, R$ 521.656,00 para três dormitórios e R$ 1.443.900,00 para quatro dormitórios.