banner_fornecedores

Indústria de material de construção tem fevereiro regular, apura Abramat
A Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat) acaba de divulgar a nova edição do Termômetro da Indústria de Mate... Leia mais.

Mortes por choques elétricos aumentam 12% no Brasil, apura Abracopel
Choques elétricos são verdadeiros riscos e o que muitas pessoas não sabem é que eles podem levar à morte. De acordo com Anuário Estatístico ... Leia mais.

Covid-19 causa impacto expressivo na confiança do consumidor em março
O Índice de Confiança do Consumidor (ICC) da Fundação Getulio Vargas (FGV) caiu 7,6 pontos em março, para 80,2 pontos, o menor valor desde j... Leia mais.


Usuário:
Senha:


Imóveis de dois dormitórios econômicos predominam entre lançamentos e vendas


Os dados foram divulgados na última segunda-feira (5) pelo Sindicato da Habitação do Estado de São Paulo (Secovi-SP).
No total, foram 10.023 unidades colocadas no mercado, sendo que o segmento de dois dormitórios econômicos representa 67% do total (6.734 novos imóveis). Este número representa um crescimento de 22% se comparado aos lançamentos do período anterior (55% de participação e 5.526 unidades).
Nesses 36 meses foram comercializados 7.569 imóveis, sendo 5.207 unidades da tipologia de dois dormitórios econômicos, representando 69% do total. O segmento teve crescimento de 11% em relação ao ano anterior que teve 56% de participação e 4.689 unidades.
O preço médio dos imóveis para venda dentro do período analisado foi de R$ 289.915 para a tipologia de um dormitório, R$ 134.898,00 para um dormitório econômico, R$ 324.997,00 para dois dormitórios, R$ 134.375,00 para dois dormitórios econômicos, R$ 521.656,00 para três dormitórios e R$ 1.443.900,00 para quatro dormitórios.