banner_fornecedores

Atividade industrial paulista mostra reação em maio, aponta Fiesp e Ciesp
A indústria paulista de transformação mostrou reação positiva em maio, após dois meses de quedas generalizadas em março e abril. O Levantame... Leia mais.

Confiança empresarial recupera 61% das perdas do bimestre março-abril
O Indicador de Incerteza da Economia (IIE-Br) da Fundação Getulio Vargas (FGV) caiu 16,7 pontos em junho, para 173,6 pontos. Com a segunda q... Leia mais.

Estudo da Juntos Somos Mais mostra a expectativa dos varejistas no pós-crise
Pesquisa realizada pela Juntos Somos Mais, ecossistema do varejo da construção civil, que contempla mais de 75 mil varejistas e mais de 20 e... Leia mais.


Usuário:
Senha:


Lazer em prédios é aposta para agradar moradores


Empreendimentos imobiliários têm ido além na hora de oferecer a seus moradores possibilidades em áreas de lazer. Há mais quantidade e diversidade. Em alguns condomínios, é possível encontrar, por exemplo, espaço para cinema, piscina com bicicleta para hidroginástica, estúdio de música e até lazer para os animais de estimação.

Em meio a rotinas cada vez mais agitadas, esses novos empreendimentos imobiliários com amplas áreas de lazer vieram para dar mais comodidade e segurança às famílias. "Os residenciais possibilitam que os condôminos dispensem, praticamente, a necessidade de sair de casa, se tudo que eles precisam estiver dentro do espaço em que vivem", afirma o presidente da Associação Brasileira das Administradoras de Imóveis (Abadi), Carlos Samuel de Oliveira Freitas.

 
Ainda segundo Freitas, o aumento da violência pode ser um dos fatores dessa tendência. "Em pesquisas feitas recentemente, a segurança é um dos principais motivos que levam as famílias a comprar apartamentos em condomínios com essas características", explica ele. Além disso, há outras causas, como as taxas condominiais, por exemplo, que acabam sendo mais baixas do que em prédios antigos e sem toda essa estrutura.