banner_fornecedores

Indústria de material de construção tem fevereiro regular, apura Abramat
A Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat) acaba de divulgar a nova edição do Termômetro da Indústria de Mate... Leia mais.

Mortes por choques elétricos aumentam 12% no Brasil, apura Abracopel
Choques elétricos são verdadeiros riscos e o que muitas pessoas não sabem é que eles podem levar à morte. De acordo com Anuário Estatístico ... Leia mais.

Covid-19 causa impacto expressivo na confiança do consumidor em março
O Índice de Confiança do Consumidor (ICC) da Fundação Getulio Vargas (FGV) caiu 7,6 pontos em março, para 80,2 pontos, o menor valor desde j... Leia mais.


Usuário:
Senha:


Planejamento urbano pode valorizar imóveis em mais de 50%


O planejamento urbano, além de fomentar investimentos em infraestrutura em geral, como saneamento básico, equipamentos públicos, áreas verdes, paisagismo, comércio e serviços, contribui para uma melhor manutenção do local e valorização dos imóveis. Áreas com bairros planejados podem valorizar mais de 50% em relação à média da região nas quais estão inseridas. Trata-se, portanto, de investimento resiliente até mesmo às crises econômicas, que podem derrubar o preço de imóveis.

O planejamento urbano contempla muitos fatores que agregam valor ao imóvel, como as normas de uso e ocupação do solo que irão regrar o desenvolvimento do empreendimento e as condições de manutenção e perpetuação das suas características urbanísticas. Questões como localização também têm peso, mas quando se agregam elementos de planejamento de longo prazo, são estabelecidos significativos diferenciais.