banner_fornecedores

Atividade industrial paulista mostra reação em maio, aponta Fiesp e Ciesp
A indústria paulista de transformação mostrou reação positiva em maio, após dois meses de quedas generalizadas em março e abril. O Levantame... Leia mais.

Confiança empresarial recupera 61% das perdas do bimestre março-abril
O Indicador de Incerteza da Economia (IIE-Br) da Fundação Getulio Vargas (FGV) caiu 16,7 pontos em junho, para 173,6 pontos. Com a segunda q... Leia mais.

Estudo da Juntos Somos Mais mostra a expectativa dos varejistas no pós-crise
Pesquisa realizada pela Juntos Somos Mais, ecossistema do varejo da construção civil, que contempla mais de 75 mil varejistas e mais de 20 e... Leia mais.


Usuário:
Senha:


Impressão 3D traz vantagens à construção civil


A onda inovadora provocada pelas impressoras 3D, que já se fez sentir em variados segmentos da indústria, chega agora também à construção civil. A novidade se populariza, entre outras razões, porque essa tecnologia favorece a redução de custos e a racionalização no uso de insumos.

Uma enorme vantagem proporcionada por essa tecnologia é a redução de máquinas e a economia de recursos vitais, como água e energia. São inovações que favorecem grandemente a construção civil, pois representam maior economia para as construtoras.

A tecnologia de impressão em 3D já deu mostras do que é capaz. O grande desafio agora é tornar o seu uso viável do ponto de vista dos custos, ainda muito elevados, principalmente para objetos em grande escala. De fato, ainda levará um tempo até que a tecnologia 3D se espalhe pelo mercado.

Existem cerca de 40 fabricantes de impressoras 3D e mais de 200 startups com projetos voltados ao consumidor. Ainda serão necessários de cinco a dez anos para que a tecnologia se torne acessível economicamente e se popularize.

Fonte: Terra