banner_fornecedores

Queda da atividade industrial se intensifica em abril, apura sondagem da CNI
De acordo com a Sondagem Industrial da Confederação Nacional da Indústria (CNI), os efeitos causados pela pandemia de coronavírus sobre a in... Leia mais.

Monitor do PIB aponta retração de 1,0% na economia no primeiro trimestre
O Monitor do PIB-FGV aponta, na análise da série dessazonalizada, retração de 1,0%, na atividade econômica no primeiro trimestre, na compara... Leia mais.

Indústria tem queda de 4,7% em abril sobre o mesmo mês de 2019
A Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat) divulga nesta segunda-feira (18 de maio), a nova edição da sua pes... Leia mais.


Usuário:
Senha:


Número de empregos formais na construção cresce 0,72% em janeiro



De acordo com dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho, o setor da construção civil fechou o mês de janeiro com 14.275 trabalhadores formais, aumento de 0,72% em relação a dezembro do ano passado. Foram 121.822 admissões e 107.547 desligamentos no setor.

O levantamento aponta que as classes com melhores índices foram: Construção de Edifícios (5.828 postos), Montagem de Instalações Industriais e de Estruturas Metálicas (3.884 postos) e Obras de Acabamento (1.862 postos).

Apesar do saldo positivo em janeiro, as regiões Norte e Nordeste apresentaram resultados negativos, sendo compensadas pelas demais regiões.

De acordo com Luís Fernando Melo Mendes, economista da Câmara Brasileira da Construção (CBIC), “a recuperação do mercado de trabalho no setor da construção ainda é lenta diante das perdas de vagas verificadas nos últimos anos e não se mostra uniforme ao longo do país.