banner_fornecedores

Atividade industrial paulista mostra reação em maio, aponta Fiesp e Ciesp
A indústria paulista de transformação mostrou reação positiva em maio, após dois meses de quedas generalizadas em março e abril. O Levantame... Leia mais.

Confiança empresarial recupera 61% das perdas do bimestre março-abril
O Indicador de Incerteza da Economia (IIE-Br) da Fundação Getulio Vargas (FGV) caiu 16,7 pontos em junho, para 173,6 pontos. Com a segunda q... Leia mais.

Estudo da Juntos Somos Mais mostra a expectativa dos varejistas no pós-crise
Pesquisa realizada pela Juntos Somos Mais, ecossistema do varejo da construção civil, que contempla mais de 75 mil varejistas e mais de 20 e... Leia mais.


Usuário:
Senha:


Após queda em setembro, comércio apresenta resultado positivo em outubro


O Índice de Confiança do Comércio (ICOM), divulgado pela Fundação Getulio Vargas (FGV), subiu 1,2 ponto em outubro, ao passar de 97,2 para 98,4 pontos. Em médias móveis trimestrais, o índice avançou 1,0 ponto, terceira alta consecutiva.
Depois da queda em setembro, a confiança do comércio volta a apresentar resultado positivo. Na avaliação da entidade, a melhora foi influenciada pela evolução positiva dos indicadores de situação atual, possivelmente impulsionados pela liberação de recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), e pela acomodação das expectativas. Para o final do ano, a expectativa é de manutenção desse cenário positivo de recuperação gradual, com novas rodadas de liberações de recursos e com as recentes melhoras do mercado de trabalho.
Em setembro, a confiança subiu em sete dos 13 segmentos. A melhora do índice foi influenciada pelo resultado favorável do Índice de Situação Atual (ISA-COM), que subiu 3,0 pontos, ao passar de 92,1 para 95,1 pontos. Já o Índice de Expectativas (IE-COM) recuou 0,6 ponto, saindo de 102,5 para 101,9 pontos. Apesar da queda, esse é o quarto mês consecutivo em que as expectativas se mantêm acima do nível considerado neutro.