banner_fornecedores

Indústria de material de construção tem fevereiro regular, apura Abramat
A Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat) acaba de divulgar a nova edição do Termômetro da Indústria de Mate... Leia mais.

Mortes por choques elétricos aumentam 12% no Brasil, apura Abracopel
Choques elétricos são verdadeiros riscos e o que muitas pessoas não sabem é que eles podem levar à morte. De acordo com Anuário Estatístico ... Leia mais.

Covid-19 causa impacto expressivo na confiança do consumidor em março
O Índice de Confiança do Consumidor (ICC) da Fundação Getulio Vargas (FGV) caiu 7,6 pontos em março, para 80,2 pontos, o menor valor desde j... Leia mais.


Usuário:
Senha:


Caixa anuncia nova redução de juros para crédito imobiliário


A Caixa Econômica Federal reduziu em até 1 ponto percentual as taxas de juros do crédito imobiliário para a aquisição de imóveis enquadrados no Sistema de Financiamento Imobiliário (SFI) e no Sistema Financeiro de Habitação (SFH). A taxa máxima cobrada pela entidade caiu de 9,50% mais Taxa Referencial (TR) para 8,50% ao ano mais TR, e a taxa mínima passou de 7,5% mais TR para 6,75% mais TR. As novas condições passam a ter validade a partir do dia 6 de novembro.

Esta é a terceira redução da taxa de juros realizada pela Caixa em 2019. A primeira ocorreu em junho, quando os juros para financiamentos com recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) baixaram em até 1,25 ponto percentual. A segunda redução foi anunciada no início de outubro pela entidade. Na ocasião, as taxas também foram reduzidas em até 1,0 p.p.

Segundo o presidente do banco, Pedro Guimarães, a expectativa com a nova redução de juros é ampliar o acesso à moradia a partir de preços mais competitivos e gerar mais demanda para o setor da construção civil.

Em agosto, a Caixa lançou uma linha de financiamento habitacional que atualiza o saldo devedor pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). A linha tem taxa mínima de 2,95% do valor financiado ao ano mais correção monetária pelo IPCA e taxa máxima de 4,95% ao ano mais IPCA.

A Caixa é líder no mercado de crédito imobiliário nacional, partindo de 69% das negociações. No acumulado de 12 meses até junho, a carteira de crédito habitacional da estatal cresceu 3,6%, atingindo o valor de R$ 452,3 bilhões.