banner_fornecedores

Queda da atividade industrial se intensifica em abril, apura sondagem da CNI
De acordo com a Sondagem Industrial da Confederação Nacional da Indústria (CNI), os efeitos causados pela pandemia de coronavírus sobre a in... Leia mais.

Monitor do PIB aponta retração de 1,0% na economia no primeiro trimestre
O Monitor do PIB-FGV aponta, na análise da série dessazonalizada, retração de 1,0%, na atividade econômica no primeiro trimestre, na compara... Leia mais.

Indústria tem queda de 4,7% em abril sobre o mesmo mês de 2019
A Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat) divulga nesta segunda-feira (18 de maio), a nova edição da sua pes... Leia mais.


Usuário:
Senha:


Emprego na construção brasileira cresceu 3,53% em 2019



O nível de emprego na construção civil brasileira registrou alta de 3,53% em 2019. No período foram abertos 80.270 postos. Em dezembro, houve queda de 2,18%, resultando a eliminação de 52.406 vagas de trabalho. Ao final do período, o setor empregava 2.352.747 trabalhadores em todo o País. Os dados são da pesquisa mensal do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (SindusCon SP) realizada em parceria com a Fundação Getulio Vargas (FGV), com base em informações do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Governo Federal.

Nesse contexto, o emprego na construção paulista no último ano, registrou elevação de 3,46%, resultando em 21.581 novos postos de trabalho. Em dezembro, na comparação com o mês anterior, a variação foi negativa em 1,30%, o que resultou menos 8.485 postos.

Fonte: Revista Anamaco