banner_fornecedores

Atividade industrial paulista mostra reação em maio, aponta Fiesp e Ciesp
A indústria paulista de transformação mostrou reação positiva em maio, após dois meses de quedas generalizadas em março e abril. O Levantame... Leia mais.

Confiança empresarial recupera 61% das perdas do bimestre março-abril
O Indicador de Incerteza da Economia (IIE-Br) da Fundação Getulio Vargas (FGV) caiu 16,7 pontos em junho, para 173,6 pontos. Com a segunda q... Leia mais.

Estudo da Juntos Somos Mais mostra a expectativa dos varejistas no pós-crise
Pesquisa realizada pela Juntos Somos Mais, ecossistema do varejo da construção civil, que contempla mais de 75 mil varejistas e mais de 20 e... Leia mais.


Usuário:
Senha:


Monitor do PIB aponta retração de 1,0% na economia no primeiro trimestre


O Monitor do PIB-FGV aponta, na análise da série dessazonalizada, retração de 1,0%, na atividade econômica no primeiro trimestre, na comparação com o quarto trimestre de 2019. Na análise mensal, a retração da atividade em março foi de 5,3%, em relação a fevereiro. Na comparação interanual, a economia cresceu 0,3% no 1º trimestre e caiu 0,9% em março. “A retração da economia, no primeiro trimestre do ano, expõe os enormes desafios que serão enfrentados no âmbito econômico no decorrer de 2020. As medidas de isolamento social só vigoraram por cerca de 1/6 desse trimestre (quinze dias de março) e já foram suficientes para que a economia apresentasse essa significativa queda”, observa Claudio Considera, coordenador do Monitor do PIB-FGV.
A desaceleração de janeiro a março interrompe o ritmo de crescimento observado no período desde o primeiro trimestre de 2017 ao quarto trimestre de 2019 com taxa de crescimento média de 0,4% ao trimestre.
Essa mudança na trajetória econômica é explicada pelo desempenho da economia em março deste ano, em que a queda de 5,3% é a maior registrada nesta comparação desde o início da série histórica iniciada em 2000.

Fonte: Revista Anamaco