banner_fornecedores

Queda da atividade industrial se intensifica em abril, apura sondagem da CNI
De acordo com a Sondagem Industrial da Confederação Nacional da Indústria (CNI), os efeitos causados pela pandemia de coronavírus sobre a in... Leia mais.

Monitor do PIB aponta retração de 1,0% na economia no primeiro trimestre
O Monitor do PIB-FGV aponta, na análise da série dessazonalizada, retração de 1,0%, na atividade econômica no primeiro trimestre, na compara... Leia mais.

Indústria tem queda de 4,7% em abril sobre o mesmo mês de 2019
A Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat) divulga nesta segunda-feira (18 de maio), a nova edição da sua pes... Leia mais.


Usuário:
Senha:


Revisão de normas técnicas para projetos de piscinas deve ser concluída em outubro


A Comissão de Estudos Especiais de Piscinas (CEE 215) da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), responsável pela revisão das normas para segurança, operação e regras gerais de uso de piscinas, decidiu estender as discussões sobre o tema. Agora a entrega da proposta de consolidação das sete normas técnicas do segmento deve ser feita em outubro - e não mais junho.

De acordo com o coordenador da comissão e membro do Comitê de Tecnologia e Qualidade (CTQ) do Sindicato da Indústria da Construção do Estado de São Paulo (SindusCon-SP), Sérgio Fernando Domingues, a revisão é importante para eliminar sobreposições e repetições nas normas existentes.
"Já passamos da etapa de estruturação da consolidação das sete normas, que foram distribuídas em quatro capítulos. Agora estamos envolvidos na elaboração do texto base de cada capítulo, e já concluímos 25% do segundo capítulo", disse Domingues. A meta, segundo ele, é apresentar o texto para consulta pública até o final deste ano.
O trabalho de revisão dos textos tem por objetivo reunir em uma única norma todos os assuntos que interessam ao segmento, tais como terminologia, classificação, projetos (tanque, casa de máquinas, paisagismo), instalações elétricas e hidráulicas, equipamentos, segurança e reformas.
Além de atualizar tecnicamente as diretrizes, a revisão pretende reforças as orientações de procedimentos de operação, manutenção, segurança e do comportamento dos usuários de piscinas, considerando a elaboração de programas específicos para cada etapa dos projetos.
A estruturação já aprovada por todos os membros da Comissão inclui os capítulos: Piscinas - Desempenho Capítulo 1: Termos e definições, Classificação e tipologias; Piscinas - Desempenho Capítulo 2: Requisitos de projeto arquitetônico e paisagístico e requisitos da construção; Piscinas - Desempenho Capítulo 3: Requisitos dos equipamentos, elementos, componentes, materiais e instalação; e Piscinas - Desempenho Capítulo 4: Requisitos do processo de gestão: Uso, segurança, operação e manutenção.